Agências de Desenvolvimento Regional têm novo regimento após a transformação de secretaria para agência. - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais
Concorra a prêmios! Seja o primeiro
a saber dos sorteios e promoções.

Agências de Desenvolvimento Regional têm novo regimento após a transformação de secretaria para agência.

Agências de Desenvolvimento Regional têm novo regimento após a transformação de secretaria para agência.

 

Decreto editado pelo governador Raimundo Colombo, publicado ontem, regulamenta o funcionamento das ADRs e dos Conselhos de Desenvolvimento Regional (CDRs), além de estabelecer o regimento interno dos Colegiados Regionais de Governo, que reunirão diferentes órgãos estaduais presentes em cada região para alinhar ações e demandas.

De acordo com o gerente de Modernização Organizacional da Secretaria do Planejamento, Luiz Carlos Pacheco, a alteração das estruturas das regionais catarinenses levou em consideração alguns princípios fundamentais.

O objetivo foi permitir a flexibilidade das estruturas para atendimento das peculiaridades e demandas regionais, dotar os órgãos de multifuncionalidade, diminuindo, assim, a departamentalização, e dar mais força à implementação do processo de planejamento regional.

Uma das grandes novidades da mudança das regionais catarinenses foi a instituição dos Colegiados Regionais de Governo.

Integrados por representantes de diferentes órgãos estaduais instalados na região, os colegiados representam uma grande ferramenta do Estado para alinhar demandas e propor soluções para problemas em comum das regionais, além da otimização da aplicação dos recursos públicos.

Os Colegiados Regionais de Governo, são compostos pelos secretários executivos das ADRs, que os presidem, pelos gerentes regionais das áreas finalísticas das regionais e também por representantes da Casan, Celesc, Fatma, Epagri, Cidasc, Fazenda, Polícia Civil, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e Defesa Civil.

O grupo deve se reunir no mínimo uma vez por mês e os participantes deverão apresentar relatórios das ações do Governo em andamento na região.

Veja as mais acessadas