Aliança Láctea une esforços para aumentar competitividade internacional - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Brasil Aliança Láctea une esforços para aumentar competitividade internacional

Aliança Láctea une esforços para aumentar competitividade internacional

A Aliança Láctea une esforços para aumentar competitividade internacional

Paraná, Rio Grande do Sul e Santa Catarina unem esforços para aumentar a exportação e a competitividade internacional do leite.

Lideranças do setor produtivo dos três estados do Sul, se reuniram na sexta-feira, dia 20, no encontro da Aliança Láctea Sul Brasileira. A reunião ocorreu de forma híbrida, virtual e presencial, na sede da Farsul, no Parque de Exposições Assis Brasil, em Esteio, Rio Grande do Sul.

Para o coordenador geral da Aliança, Airton Spies, o objetivo do grupo pode ser resumido em colocar leite no navio, ou seja, aumentar a exportação e a competitividade internacional.

Conforme o IBGE, os três estados do Sul produziram 11 bilhões de litros de leite em 2019, o que corresponde a 33,4% do total produzido no país.

Durante o encontro, a assessoria econômica da Federação da Agricultura do Estado do Rio Grande do Sul, a Farsul apresentou o Índice de Insumos para Produção de Leite Cru.

Por meio de uma nova fórmula de cálculo, o indicador passa a levantar os preços dos insumos que afetam os custos da produção leiteira.

Entre os insumos incluídos no cálculo estão milho e soja, silagem, adubação, suplementos minerais, energia elétrica e combustíveis.

O índice deve estar disponível ainda no primeiro semestre deste ano. A partir do segundo semestre, será apresentado um relatório mensal.

Santa Catarina produz mais de três bilhões de litros de leite por ano e é o quarto maior produtor brasileiro. Com mais de 70 mil famílias envolvidas na atividade, o estado conta com 130 empresas que beneficiam o produto.

Foto: Pixabay

Veja as mais acessadas