Falta de leitos de UTI pediátricos afeta famílias em SC - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Santa Catarina Falta de leitos de UTI pediátricos afeta famílias em SC

Falta de leitos de UTI pediátricos afeta famílias em SC

Florianópolis - A falta de leitos de UTIs para o atendimento de crianças tem causado preocupação de pais em Santa Catarina.

Só na quinta-feira (12), por exemplo, o Estado tinha apenas um leito neonatal disponível na rede pública, de acordo com o Painel de Leitos da Secretaria de Estado da Saúde (SES).

No neonatal, o Estado tinha uma taxa de ocupação de 97%, com apenas uma vaga disponível em Joinville, no Norte do Estado.

Já em relação aos pediátricos, a taxa é de 96,84%, com três vagas disponíveis: uma em Joinville e duas em Tubarão. Por conta disso, o Ministério Público de Santa Catarina (MPSC), por meio da 10º Promotoria de Justiça da Capital, instaurou um inquérito para apurar a situação.

Segundo o secretário-adjunto Alexandre Lencina Fagundes, as doenças respiratórias têm relação direta com a capacidade dos hospitais.

A SES informou, em nota, que a Central de Regulação de Internação Hospitalar faz a busca ativa dos leitos sempre que há o pedido da unidade hospitalar. Além disso, o governo tem trabalhado, em conjunto com o Ministério da Saúde, para ampliar a oferta em todo o Estado.

Por fim, a secretaria salienta que também há o incentivo ao desenvolvimento da Assistência Hospitalar, por meio de convênios de saúde e adesão da Política Hospitalar Catarinense (PHC), que destina recursos às unidades hospitalares.

Veja as mais acessadas