Pesquisador catarinense lança tradução de livro do entomólogo alemão, Fritz Plaumann - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Chapecó Pesquisador catarinense lança tradução de livro do entomólogo alemão, Fritz Plaumann

Pesquisador catarinense lança tradução de livro do entomólogo alemão, Fritz Plaumann

A primeira versão em português do Livro “A Origem da Vida” de Fritz Plaumann, foi lançada nesta segunda-feira, dia 25, nas dependências do campus da Unoesc Chapecó. O livro havia sido escrito em 1947 e lançado em alemão em 1949.

O projeto iniciou com Elisandra Forneck e Aline Maisa Lubenow, envolvendo os tradutores Professor. Dr. João Klug da Universidade Federal de Santa Catarina - UFSC e André Carlos Werle, a Professora Denize Gonzaga e demais apoiadores e patrocinadores.

Fritz Plaumann, nascido em 1902 na cidade de Preussisch Eylau, província da Prússia Oriental, veio para o Brasil em 1924 vindo a residir em Nova Teotônia, no município de Seara, onde fixou residência até sua morte aos 92 anos. Muito à frente do seu tempo, deixou um acervo de mais de 16 mil espécies de insetos catalogadas e mais de 80 mil expostos no Museu Fritz Plaumann. Direcionou sua existência à pesquisa e à missão de auxiliar a ciência. Autodidata, foi condecorado Doutor Onóris Causa pelo seu feito à Ciência e à Entomologia. Trocou muitas espécies com cientistas do mundo todo, a fim de identificar, catalogar e registrar insetos em prol das ciências biológicas. Muitas vezes ocorriam trocas de espécies por materiais, para poder dar continuidade as suas pesquisas. 

Para o Professor Dr. João da UFSC esta é uma oportunidade de dar visibilidade a uma figura importante.

— “A Origem da Vida”, agora em língua portuguesa, dará a devida visibilidade a uma figura ainda pouco conhecida no nosso meio, lançará novas luzes sobre temas que são extremamente atuais e importantes na agenda acadêmica, na agenda política, bem como trará um estímulo para discussão na comunidade em geral — comenta.  

A professora Sandra Maria Toffolo, coordenadora de cultura da Unoesc Chapecó e organizadora adjunta do evento, referiu-se ao momento com muita emoção.

— Quem conhece um pouco da história e trajetória de Fritz conseguirá mensurar a importância desse livro e do legado deixado por este grande homem. Há 73 anos alertava para questões que estão sendo discutidas somente agora na atualidade — ressalta.  

O primeiro momento realizado na Unoesc Chapecó contou com a presença de professores da Graduação, acadêmicos e da comunidade em geral, que receberam um exemplar do livro que não será comercializado.

 

Texto: Sandra Maria Toffolo

Ouça um rádio documentário sobre a vida Fritz Plaumann

 

 

 

 

Galeria de Imagens

Veja as mais acessadas