Indústrias catarinenses seguem confiantes e expectativa pode gerar investimentos no estado - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Santa Catarina Indústrias catarinenses seguem confiantes e expectativa pode gerar investimentos no estado

Indústrias catarinenses seguem confiantes e expectativa pode gerar investimentos no estado

Na Câmara dos Deputados, Celso Maldaner (MDB-SC) cobra aprovação de ampla reforma tributária

O crescimento da produção industrial catarinense registra alta de 26,7% nos primeiros cinco meses do ano e o índice que mede a confiança do empresário industrial, o ICEI, está em 64,2 pontos, cerca de dois pontos acima da média nacional. Os dados são da Federação das Indústrias do Estado de Santa Catarina (FIESC),

Para os seis próximos meses, a confiança dos empresários industriais de Santa Catarina registrou 66,7 pontos no ICEI, aumento de 3,4 pontos em relação ao mês anterior. O ICEI varia de zero a 100 pontos.

 

A confiança do empresário no crescimento do setor produtivo é alta e a expectativa pode gerar investimentos, como explica William Baghdassarian, professor de economia do Ibmec.

“O que a gente em observado é uma retomada da atividade econômica bem mais intensa do esperado. Isso levou a revisão das projeções do PIB brasileiro para 2021, que já demonstram crescimento de algo próximo a 5%. O empresário industrial fica mais confiante em realizar investimentos”, acredita Baghdassarian.

No Brasil 

O ICEI nacional, calculado pela Confederação Nacional da Indústria (CNI) está em 62 pontos, aumento de 0,3 ponto em julho, em comparação com junho. É o terceiro aumento consecutivo no índice que acumula alta de 8,3 pontos, desde maio. A confiança do empresário industrial é a maior dos últimos 11 anos para o mês de julho, no País. 

 

Integrantes das Comissões de Assuntos Econômicos e de Finanças, da Câmara dos Deputados, analisam a confiança dos industriais de forma positiva e importante para mobilizar o parlamento entorno de pautas que podem destravar o crescimento econômico, como a reforma tributária, por exemplo.  É o que acredita o deputado federal Celso Maldaner, do MDB catarinense.  

“Precisamos fazer nossa parte no Congresso Nacional e votar a reforma tributária que venha gerar emprego e renda, e não uma reforma parcial onde se mexe no imposto de renda”, destacou Celso Maldaner.  
 



Fonte: Brasil 61

Foto: Ricardo Wolffenbuttel / Secom - Santa Catarina

Veja as mais acessadas