PCSC alerta - Golpe do "nudes" ou extorsão pelas redes sociais - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Dicas Tropical PCSC alerta - Golpe do "nudes" ou extorsão pelas redes sociais

PCSC alerta - Golpe do

GOLPE DO “NUDES” OU EXTORSÃO PELAS REDES SOCIAIS

Os golpistas estudam o perfil de suas vítimas através das redes sociais.

Geralmente as vítimas em potencial são homens (podendo também ser mulheres) de meia idade ou mais, casados e com círculo familiar, amigos ou profissional visível nas redes sociais.

O golpista utiliza um perfil falso, muitas vezes com a fotografia de uma jovem bonita e atraente. O contato inicial quase sempre ocorre através do Facebook onde eles começam uma amizade.

Logo a conversa privada passa para o WhatsApp onde a moça encaminha fotos íntimas suas e pede para que a vítima faça o mesmo. A partir dai, outro golpista entra em cena: o suposto pai ou padrasto da jovem, alegando que ela é “menor de idade” e que a vítima estaria praticando pedofilia através da internet, inicia a extorsão.

Para que o caso não seja levado à polícia, ou para que as fotos íntimas e as conversas privadas não sejam compartilhadas com a esposa, parentes ou amigos da vítima, o golpista exige que seja paga certa quantia em dinheiro por meio de depósito bancário.

⚠️ Algumas vezes os golpistas também se fazem passar por supostos advogados, policiais civis ou delegados, alegando que as fotos já fazem parte de uma investigação policial e solicitam depósitos em dinheiro para que o “inquérito” seja arquivado. A vítima, temendo ser presa ou à exposição social cede à extorsão e acaba fazendo o depósito dos valores solicitados pelos golpistas. ⚠️

Como prevenir? 

- Nunca compartilhe fotos íntimas pela internet. Depois de compartilhado, a foto ou o vídeo podem circular entre milhares de pessoas;

- Desconfie sempre de solicitações de amizade, através das redes sociais, de pessoas que você não conhece;

- Não forneça seus dados pessoais (como nome completo, CPF, RG, endereço, número de conta bancária e senha) para estranhos, em ligações telefônicas, mensagens SMS ou WhatsApp;

- Cuidado com operações bancárias (depósitos ou transferências em dinheiro) para pessoas do seu círculo familiar ou de amigos, principalmente quando isso é solicitado exclusivamente através do WhatsApp;

O que fazer?

Se você sabe de alguém que pode estar praticando algum destes golpes, denuncie pelo telefone 181 ou WhatsApp da Polícia Civil (48) 98844-0011 ou procure a Delegacia de Polícia mais próxima;

Caso você tenha sido vítima de algum destes golpes, procure imediatamente a Polícia Civil. Você também pode registrar o boletim de ocorrência através da Delegacia de Polícia Virtual de Santa Catarina, acessível em: https://delegaciavirtual.sc.gov.br/inicio.aspx.

 

Imagem de Thomas Ulrich por Pixabay 

Veja as mais acessadas