Brasil na Cúpula de Líderes sobre o Clima - acompanhe o discurso - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Mundo Brasil na Cúpula de Líderes sobre o Clima - acompanhe o discurso

Brasil na Cúpula de Líderes sobre o Clima - acompanhe o discurso

Nova meta mundial prevê a redução pela metade das emissões de gases responsáveis pelo aquecimento global até 2030

O presidente Jair Bolsonaro prometeu nesta quinta-feira (22) adotar medidas que reduzam as emissões de gases e pediu "justa remuneração" por "serviços ambientais" prestados pelos biomas brasileiros ao planeta.

Entre outros pontos, Bolsonaro disse no discurso que o Brasil se compromete a:

 

  • zerar até 2030 o desmatamento ilegal;
  • reduzir as emissões de gases;
  • buscar 'neutralidade climática' até 2050, antecipando em dez anos;
  • 'fortalecer' os órgãos ambientais, 'duplicando' recursos para fiscalização.

Ainda no discurso, Bolsonaro afirmou ter determinado que a chamada "neutralidade climática" seja alcançada pelo Brasil até 2050, antecipando em dez anos a meta anterior. A medida consiste em o país não emitir mais gases na atmosfera do que é capaz de absorver.

Bolsonaro declarou: "É preciso haver justa remuneração pelos serviços ambientais prestados por nossos biomas ao planeta como forma de reconhecer o caráter econômico das atividades de conservação."

Começou às 9h desta quinta-feira (22) a primeira sessão da Cúpula de Líderes sobre o Clima. A vice-presidente dos Estados Unidos, Kamala Harris, abriu o evento com uma breve fala, chamando para o discurso de Joe Biden. Em seguida, o presidente norte-americano anunciou a nova meta mundial de redução das emissões de gases responsáveis pelo aquecimento global. A busca é reduzi-las pela metade até 2030.

O evento também conta com a participação do chefe do executivo brasileiro, Jair Bolsonaro (sem partido). Às 9h50, o presidente da China, Xi Jinping; o primeiro-ministro indiano, Narendra Modi; o primeiro-ministro britânico, Boris Johnson; o primeiro-ministro do Japão, Yoshihide Suga e o primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau já haviam discursado.

A Cúpula reúne 40 países, sob liderança de Biden, e marca o retorno dos Estados Unidos à linha do combate às mudanças climáticas, reafirmando o compromisso de limitar o aquecimento do planeta a 1,5 graus Celsius.

Veja as mais acessadas