Cabos velhos deixados em postes são tema de moção de Arroio Trinta - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Arroio Trinta Cabos velhos deixados em postes são tema de moção de Arroio Trinta

Cabos velhos deixados em postes são tema de moção de Arroio Trinta

Os vereadores aprovaram a sessão de segunda-feira (19), uma moção de apelo para as empresas provedoras de serviço de telecomunicação e internet do município de Arroio Trinta.

O pedido é para que façam um estudo para a retirada dos cabos e pares metálicos que estão inutilizados, mas que foram deixados nos postes.

Conforme os vereadores, muitas vezes as empresas instalam novos cabos de internet nos postes, mas não retiram os antigos, o que provoca grande poluição visual.

Há casos em que as emendas ficam abertas e penduradas nos postes, e mesmo locais onde os fios obstruem a imagem das câmeras de videomonitoramento, representando também um problema para a segurança.

Também na sessão, o vereador Saimon Rodrigo Chaves, destacou a parceira dos municípios de Arroio Trinta e Salto Veloso no transporte de alunos para o ensino técnico e superior em Joaçaba.

Amarildo Turmina questionou alguns dados apresentados pela Secretaria de Agricultura em resposta de questionamentos feitos por ele na Câmara.

Segundo Turmina, a contratação da empresa de para distribuição de adubo líquido não está funcionando, já que segundo relatório apresentado pela secretaria, em 60 dias, foram oferecidas apenas 72 horas de serviço, o equivalente a apenas 8 dias de trabalho, se consideradas 8 horas diárias.

O presidente da Câmara, Juarez Lidani, argumentou que o governo municipal entrou em contato com a empresa prestadora do serviço, cobrando melhorias. A empresa, por sua vez disse que adquiriu um novo caminhão para agilizar o trabalho, mas que ele só ficará pronto em 60 dias.

Turmina salientou que na licitação a empresa se comprometeu e apresentar o equipamento e agora não está cumprindo, por isso, são cabíveis procedimentos mais rígidos, para regularizar a situação.

O vereador Paulo Renato de Moraes questionou a cor da água que tem abastecido Arroio Trinta nos últimos dias. Segundo o vereador, a cor da água parece estar em desacordo com o que é normal.

Por isso, pediu ao poder executivo que peça esclarecimentos à Casan, que é responsável pelo tratamento e distribuição de água no município.

A sessão contou ainda com a presença dos extensionistas da Epagri, Gilberto Lidani e Valcir Biava, que fizeram uma prestação de contas das atividades desenvolvidas em 2020 e também o planejamento 2021.

Dentre os destaques está o trabalho para a proteção das fontes de água. Segundo o extencionista da Epagri, o município tem sofrido com a falta de chuvas, que tem resultado em falta de água até para consumo humano em algumas propriedades.

O presidente da Câmara Juarez Lidani, e os demais vereadores elogiaram o serviço prestado pela Epagri no município.

 

 Fotos: César Altenhofen

Galeria de Imagens

Veja as mais acessadas