Associação dos Delegados em SC alerta sobre golpe pelas redes sociais e “falso delegado” - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Santa Catarina Associação dos Delegados em SC alerta sobre golpe pelas redes sociais e “falso delegado”

Associação dos Delegados em SC alerta sobre golpe pelas redes sociais e “falso delegado”

A Associação dos Delegados de Santa Catarina (ADEPOL) alerta sobre um golpe cada vez mais recorrente no Estado: criminosos se passam por delegados para extorquir vítimas em redes sociais.

A ADEPOL avisa que ao primeiro contato a vítima procure a Delegacia de Polícia e registre um Boletim de Ocorrência. Esse golpe não é exclusividade de Santa Catarina.

Há casos registrados em vários Estados. Um dos mais frequentes é o da “sextorsão”. Nele, a vítima recebe um pedido de amizade em uma rede social, por parte de uma jovem atraente. Durante a conversa, a pessoa envia fotos nuas e também pede fotos íntimas.

A partir do momento em que as fotos são enviadas pela vítima, os suspeitos começam a extorsão, afirmando pedofilia e exigindo dinheiro, a fim de evitar um suposto processo. O “falso delegado” propõe uma resolução “amigável” mediante recompensa.

O público-alvo são homens. Há também casos de supostas cobranças por dívidas judiciais e tributárias, as quais não têm relação com a atividade do Delegado de Polícia.

A Polícia Civil de Santa Catarina, por meio da Diretoria Estadual de Investigações Criminais e outras unidades, já investiga esses casos. As investigações já chegaram, por exemplo, a uma quadrilha que agia de presídios do Rio Grande do Sul.

 

 

 

Imagem de vicky gharat por Pixabay 

Veja as mais acessadas