Em 90 dias, a indústria veterinária brasileira estará pronta para fabricar a vacina contra a Covid-19. - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Brasil Em 90 dias, a indústria veterinária brasileira estará pronta para fabricar a vacina contra a Covid-19.

Em 90 dias, a indústria veterinária brasileira estará pronta para fabricar a vacina contra a Covid-19.

Para senador, produção de vacinas contra a Covid pela indústria veterinária pode acabar com os problemas na imunização no Brasil

 

Esta afirmação foi feita pelo senador Welington Fagundes (PL-MT). O parlamentar, que é relator da Comissão Temporária de Acompanhamento de Combate à Pandemia no Senado Federal, defende a urgência na produção das vacinas aqui no Brasil. “Hoje, o Brasil detém o maior nível de biossegurança na produção de vacinas de saúde animal. E nós temos, a partir da fabricação da vacina de febre aftosa, que é do vírus inativado, totais condições de produzir a vacina contra o Coronavírus. E com adaptações simples e a partir da autorização da Anvisa e também da entrega da semente mãe ou da célula semente, em 90 dias a indústria de saúde animal nos garante que teria condições de produzir as vacinas necessárias para imunizar a população brasileira”.

O senador Wellington Fagundes ressalta que os grandes produtores de vacinas pelo mundo enfrentam dificuldades na produção, e quem tem estoque utiliza para atender a população do próprio país. “Hoje nós, no mundo, temos a dificuldade de importar a vacina. Porque? Porque, não existe vacina no mundo. A Índia hoje passa por problemas. A própria China. Os Estados Unidos, que têm vacina, não quer ceder esta vacina, mesmo vender para outros países. Então, por isso é necessário, é importante que possamos fabricar as vacinas aqui no Brasil”.

O presidente do Sindicato Nacional da Indústria de Produtos para Saúde Animal, Emílio Salani, disse que a indústria veterinária já se reuniu com os Ministérios da Saúde e Agricultura, Anvisa, Fiocruz e Butantan. De acordo com ele, a indústria veterinária está à disposição e apta para produzir as vacinas contra a Covid-19, dentro dos padrões de segurança exigidos.

Por Luis Ricardo Machado

Rede de Notícias Regional /Brasília

Foto Ricardo Wolffenbüttel  SECOM

Veja as mais acessadas