Tecnologia do 5G chega em julho do ano que vem - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Brasil Tecnologia do 5G chega em julho do ano que vem

Tecnologia do 5G chega em julho do ano que vem

O Conselho Diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel) fechou entendimento sobre as regras e obrigações para o edital de licitação da faixa de radiofrequência do 5G. Os pontos que devem ser obedecidos pelas operadoras que participarem do leilão foram apresentados pelo ministro Fábio Faria; pelo presidente da Anatel, Leonardo de Morais; e pelo relator do 5G, Carlos Baigorri, durante coletiva de imprensa na sede da agência nesta sexta-feira (26/2). O texto foi aprovado na noite de quinta-feira e será encaminhado para apreciação do Tribunal de Contas da União (TCU).

A elaboração do edital levou em consideração todas as recomendações feitas por portarias editadas pelo Ministérios das Comunicações (MCom), tais como a obrigatoriedade de levar sinal de internet 4G ou superior para as localidades com mais de 600 habitantes, bem como as rodovias federais – priorizando aquelas com baixa conectividade e consideradas estratégicas para o escoamento da produção agropecuária e industrial –, investimento em fibra ótica na região Norte, por meio do programa Norte Conectado e migração do sinal das antenas parabólicas de TV, de modo que não sofram interferência do sinal 5G.

O TCU tem até 150 dias para analisar o edital, mas o prazo será reduzido, pois membros da Corte participaram da missão internacional pela Europa e Ásia, onde puderam tirar todas as dúvidas sobre a nova geração de conectividade. A estimativa dada ao ministro é de que a análise leve até 60 dias para que, então, a Anatel possa publicar o edital do leilão.

" Quando a gente fala em 5G, só vendo acontecer para entender a sua grandiosidade. Na missão internacional, nós conseguimos ver um carro levando até quatro pessoas, sem motorista. O IoT (internet das coisas) é uma revolução. Era uma coisa que a gente via apenas na indústria cinematográfica e, em breve, estará disponível a todos os brasileiros. Nós teremos o 5G standalone funcionando a partir de julho do ano que vem. E vai ser uma grande revolução para o nosso país”, relatou o ministro Fábio Faria.

 

Pelas regras do edital, previsto pra estar concluído até o fim do primeiro semestre, a previsão é que todas as 27 capitais estejam com o 5G stantalone (conhecido como o 5G puro) funcionando até o final de julho de 2022. "Aprendi muito na missão que o 4G foi feito para as pessoas. O 5G vem, não só para os brasileiros, mas também para as indústrias, o que vai dar um salto de qualidade gigantesco. Não é só aumento de 100 vezes de velocidade, mas aumento na cadeia produtiva. O 5G vai fazer com que as empresas consigam um crescimento significativo desde a produção até os pontos de venda", destacou Faria.

 

Reporter: Ministério das Comunicações

Imagem de FunkyFocus por Pixabay 

Veja as mais acessadas