Bares, restaurantes e conveniências devem fechar às 23h59 a partir de hoje - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Treze Tílias Bares, restaurantes e conveniências devem fechar às 23h59 a partir de hoje

Bares, restaurantes e conveniências devem fechar às 23h59 a partir de hoje

A informação é da vigilância epidemiológica do município de Treze Tílias, seguindo a orientação prevista no decreto estadual que propõe medidas restritivas de circulação de pessoas e realização de eventos por 15 dias.

A medida, segundo o secretário de estado da saúde é necessária para conter o intenso aumento no número de casos de Covid-19 registrados no estado de Santa Catarina nas últimas semanas.

O decreto publicado pelo estado proíbe o funcionamento de casas noturnas e de espetáculos, a venda ou consumo de bebidas alcoólicas em postos de combustíveis e suas lojas de conveniência, entre meia-noite e 6h da manhã.

O transporte coletivo deverá respeitar 50% da ocupação total. Para igrejas e templos religiosos o limite de ocupação é de 25%.

Eventos (mesmo em drive-in), congressos, palestras, seminários, feiras, exposições e inaugurações e bares são atividades permitidas com 25% da capacidade e somente entre 6h da manhã e 23h59.

O mesmo horário de funcionamento também é válido para academias e centros de treinamento, centros comerciais, restaurantes, cafeterias, pizzarias, casas de chás, casas de

sucos, lanchonetes, confeitarias, padarias e afins, limitado o ingresso de novos clientes até 23h00, com encerramento das atividades às 23h59.

Agências bancárias, correspondentes bancários, lotéricas e cooperativas de crédito podem funcionar somente com atendimento individual, controle de entrada e monitoramento do distanciamento de um metro e meio entre as pessoas.

Parques, praças, jardins botânicos, balneários, faixa de areia de praias e demais espaços públicos poderão funcionar, somente sem aglomeração.

A Polícia Militar será responsável pela fiscalização das medidas estabelecidas no decreto. Na quarta-feira, o governo do estado anunciou 500 novos policiais nas ruas para auxiliar nesse trabalho.

Os municípios tem autonomia para tornas as medidas mais rígidas do que o decreto publicado pelo estado. Conforme a diretora da Unidade Básica de Saúde, Sandra Vieceli, a situação dos municípios da região da AMMOC deve ser definida de forma conjunta.

Veja as mais acessadas