Aprovada correção salarial para servidores públicos - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Arroio Trinta Aprovada correção salarial para servidores públicos

Aprovada correção salarial para servidores públicos

Os projetos de origem executiva e parlamentar, que tratam do reajuste anual para os servidores da administração municipal, da Câmara de Vereadores e dos agentes públicos como prefeito, vice, secretários e vereadores, foram aprovados na noite de ontem (22), durante a sessão da Câmara de Vereadores.

Para os servidores da prefeitura e da Câmara, o reajuste é de 4,56%, referente à correção com base no IPCA, Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo. Prefeito, vice, secretários e vereadores tem apenas o reajuste de 0,25%, referente ao mês de janeiro.

A secretária de saúde de Arroio Trinta, Juliana Serighelli, também participou da sessão da Câmara e explanou sobre o novo decreto da administração municipal, destacando as medidas restritivas que serão adotadas a partir de agora.

O presidente Joarez Lidani explica que, com base nas recomendações da secretaria de saúde, as sessões da Câmara não serão mais abertas ao público. No entanto, continuará sendo realizada a transmissão ao vivo pelo facebook da Câmara de Vereadores, para que toda a comunidade tenha acesso às sessões.

Segundo o presidente, essa medida é necessária para diminuir o risco de transmissão do Covid 19, já que a situação é delicada no estado de Santa Catarina.

Também deram entrada na sessão dois projetos de lei de origem do executivo.

O primeiro pede autorização da Câmara para o pagamento de despesas realizadas pela administração passada e não pagas.

O valor total é de São R$14.740,51 referente a serviços de borracharia da frota de máquinas, veículos e equipamentos do município, combustíveis, consertos de equipamentos odontológicos, coroa de flores, reparo e instalação de ar condicionado e confecção da maquete do Centro de Eventos.

O segundo projeto abre um crédito adicional suplementar no valor de R$250 mil, em diversos setores da administração municipal.

Os dois projetos foram baixados às comissões parlamentares para análise e posterior apreciação.

Veja as mais acessadas