Câmara de Treze Tílias aprova Projeto do Diagnóstico Socioambiental do município - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Treze Tílias Câmara de Treze Tílias aprova Projeto do Diagnóstico Socioambiental do município

Câmara de Treze Tílias aprova Projeto do Diagnóstico Socioambiental do município

Após tramitar no legislativo e receber parecer favorável das Comissões Temáticas Permanentes, foi aprovado na sessão desta segunda-feira, dia 14, o Projeto de lei do executivo que dispõe sobre o Diagnóstico Socioambiental de Treze Tílias.

O projeto foi elaborado para ser usado como ferramenta na gestão territorial, permitindo a avalição da situação atual e controle da ocupação futura das áreas urbanas ao longo dos cursos d’água.

Para o presidente da câmara, Luiz Augusto Peondi Weschendfelder, o diagnóstico tem dados importantes que norteiam o desenvolvimento do município, elevando Treze Tílias a um patamar diferenciado.

Também foi aprovado na sessão desta segunda-feira, um projeto de lei do executivo que trata da abertura de credito especial, e alteração da Lei Orgânica Anual, a LOA, para o exercício de 2020.

Os dois projetos foram aprovados por unanimidade e seguem para a sanção do prefeito Mauro Dresch.

No uso da Palavra Livre, a vereadora Dirlei Barbieri Rofner falou sobre as queimadas de lixo doméstico em casa. De acordo com a vereadora, as pessoas pensam que com isso estão ajudando as empresas que recolhem lixo, mas ressalta que com isso comentem um crime ambiental.

Dirlei disse que flagrou o próprio marido queimando lixo doméstico na churrasqueira da casa. Conforme a vereadora, as pessoas fazem isso de forma inconsciente, mas que poluem o meio ambiente com a fumaça e malcheiroso.

Dirlei lembra que Treze Tílias tem coleta seletiva e que por isso, não é preciso queimar o lixo em casa. Ela se baseou em uma reportagem feita pela Rádio Tropical FM que tratou desse tema.

Dirlei também destacou o projeto de lei do senador Jorginho Mello, que prevê ajuda para as escolas privadas de ensino médio.

José da Rocha comentou sobre a atuação dos vendedores ambulantes na cidade de Treze Tílias. Rocha sugeriu que esses vendedores deveriam usar um crachá fornecido pela prefeitura para possam ser identificados pelo consumidor e que devem pagar impostos e atuar legalmente. Conforme Rocha é necessário que haja uma lei mais rigorosa para a atuação desse tipo de comércio.

Adriano Feilstrecher mencionou o Dia 7 de setembro, e destacou a homenagem feita pelos Bombeiros Voluntários, que realizam uma carreata nas ruas centrais da cidade no dia 7 de setembro. Felistrecker voltou a criticar o aumento da fatura da energia elétrica, e elogiou o Procon de Santa Catarina que ingressou com uma ação na Justiça contra a Celesc para suspender o aumento médio de 8,14% nas contas de luz.

Nas manifestações pessoais Dirlei Barbieir Rofner elogiou o projeto do diagnostico sócio ambiental. Segundo ela, o projeto vai ajudar as pessoas que irão fazer edificações próximo de córregos e rios do município.

Renato de Bastiani informou que o município de Treze Tílias foi contemplado ainda no mês de abril com uma emenda parlamentar da deputada Ângela Amim, no valor de R$ 150 mil destinados para o setor da saúde do município. Segundo de Bastiani, o recurso veio em abril, mas foi comunicado somente agora.

Veja as mais acessadas