Conselho de Cultura realiza pesquisa de opinião pública sobre o Moinho Velosense - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 3537.0980
WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Salto Veloso Conselho de Cultura realiza pesquisa de opinião pública sobre o Moinho Velosense

Conselho de Cultura realiza pesquisa de opinião pública sobre o Moinho Velosense

 O Conselho Municipal de Políticas Culturais de Salto Veloso, está realizando em parceria com a Câmara Técnica de Arquitetura Urbanismo e Patrimônio, uma pesquisa de opinião pública relacionada ao Moinho Velosense.

 A arquiteta e presidente do conselho, Thelma Donadel explica que o objetivo da pesquisa é identificar qual a perspectiva da comunidade com o imóvel que tem importância histórica cultural e arquitetônica no município de Salto Veloso e na Região.

 Com o resultado da pesquisa o conselho poderá desenvolver ações sobre o que pode ser feito a respeito do imóvel.

 Thelma detalha que neste ano o Moinho completou 70 anos de sua construção. Trata-se de um patrimônio privado e que já está desativado há alguns anos, servindo apenas como um depósito.

 A restauração da estrutura é urgente, pois como é construído totalmente em madeira, a estrutura está se deteriorando rapidamente e necessita de obras de conservação. A prefeitura, no entanto, não pode fazer investimentos por se tratar de uma propriedade privada.

 O Conselho resolveu debater com a comunidade a situação, porque vê o moinho como um marco no desenvolvimento de Salto Veloso. Ele foi construído na década de 40, quando a polenta era base da alimentação local, e as pessoas tinham que se deslocar longas distâncias para produzir a farinha para sustento.

 A construção do Moinho e também da hidrelétrica que foi revitalizada em 2019, representou um marco para o desenvolvimento do vilarejo que anos mais tarde se tornou o município de Salto Veloso.

 Além disso, explica Thelma, internamente o Moinho impressiona por ser uma obra-prima arquitetônica, que utiliza uma técnica de encaixe de madeiras, sem a necessidade de pregos.

 O imóvel faz parte do imaginário local, de muitas histórias e memórias, da identidade municipal e regional e segundo a presidente do Conselho a intenção é preservar o patrimônio para que as futuras gerações tenham contato com a história do município.

 Entre as perguntas estão se a pessoa reconhece o Moinho Velosense como patrimônio, se deve ser preservado ou demolido e se acredita que a prefeitura deve adquirir o imóvel.

Também há espaço para que as pessoas possam opinar sobre o que deve ser feito com o Moinho, caso seja optado pela preservação. Além do espaço para sugestão pessoal, aparecem como sugestões transformá-lo em museu, restaurante, casa da cultura, pousada ou ainda reativá-lo como moinho.

 Thelma acrescenta que também é consultado sobre o interesse da pessoa participar de uma Associação de Proteção ao Moinho Velosense, pois essa é uma das alternativas para buscar incentivo fiscal de empresas que possam patrocinar a manutenção do imóvel.

 A pesquisa é aberta para todas as pessoas, independente do município que residam, e está disponível no seguinte neste link.

Fotos: Família de Pedro Paulo de Bortolo

Galeria de Imagens

Veja as mais acessadas