Florianópolis - Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Santa Catarina aderiram a greve deflagrada nacionalmente e devem parar - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Florianópolis - Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Santa Catarina aderiram a greve deflagrada nacionalmente e devem parar

Florianópolis - Os servidores do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) de Santa Catarina aderiram a greve deflagrada nacionalmente e devem parar

Conforme o sindicato estadual da categoria, a previsão é que 60% dos trabalhadores participem da mobilização, afetando o serviço de agências.

De acordo com Luciano Veras, coordenador estadual do Sindicato dos Trabalhadores em Saúde e Previdência do Serviço Público Federal no Estado de Santa Catarina (Sindprev/SC), entre as solicitações dos funcionários está a reposição da inflação nos salários, mais concursos públicos, a incorporação das gratificações ao pagamento fixo e carga horária de 30 horas para todos os servidores.

Nesta terça, a Federação Nacional dos Sindicatos dos Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social (Fenasps), que representa a categoria nacionalmente, fará um reunião no Ministério do Planejamento, responsável pela gestão do órgão, para novas negociações.

Veja as mais acessadas