PM Ambiental emite nota de esclarecimento sobre ''onça pintada'' encontrada na região - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Irani PM Ambiental emite nota de esclarecimento sobre ''onça pintada'' encontrada na região

PM Ambiental emite nota de esclarecimento sobre ''onça pintada'' encontrada na região

      Está circulando pelas redes sociais e mídia em geral que teria sido localizada uma onça pintada morta próximo ao trevo da BR 153 com a 282, "Trevão do Irani".
Diante da situação, na manhã desta terça-feira (30), policiais do Grupamento de Polícia Militar Ambiental de Concórdia estiveram no local a fim de examinar o animal, verificando tratar-se de um indivíduo adulto da família Felidae, conhecido popularmente por jaguatirica, pesando aproximadamente 14 kg. O animal possui características de ter sofrido atropelamento, fato comum na nossa região em razão da ausência de corredores ecológicos e passagens de fauna.
   A jaguatirica encontra-se ameaçada de extinção, não tendo muitos registros de visualizações na região.
       Como a maioria dos felinos, é um animal noturno, dormindo de dia e saindo à noite para caçar, embora possa ser encontrada caçando durante o dia também.

Mais características da jaguatirica

- As jaguatiricas são carnívoras, alimentando-se, principalmente, de mamíferos de pequeno porte, roedores, aves, répteis e ovos de tartaruga. Possuem a habilidade de escalar árvores e já foram vistas nadando em busca de peixes para se alimentar;
- Sua principal característica física é a presença, na sua pelagem, de manchas amarelas cercadas de preto, na posição horizontal. Nas pernas do animal, as manchas são de cor preta e formato arredondado;
- Em seu habitat, uma jaguatirica saudável pode viver entre 18 e 20 anos;
- A fêmea dá a luz a cada dois anos e o período gestacional dura entre 72 e 82 dias. Numa gestação nascem um ou dois filhotes normalmente, que dependerão apenas da mãe por muitos meses. A mãe é quem ensina os filhotes a caçar e se proteger;
- A Jaguatirica encontra-se ameaçada de extinção. Alguns estudos estimam que na década de 60 e 70 o comércio de peles matou cerca de 200 mil indivíduos. Os principais fatores que desfavorecem a sobrevivência deste animal atualmente são: a falta de alimento, a redução do seu habitat causada pelo desmatamento, a caça predatória para utilização da pele do animal e a caça de filhotes;
- Vale ressaltar o aumento no interesse das pessoas de aprisionarem animais selvagens para tratá-los como animais domésticos. Como as jaguatiricas podem apresentar pequeno porte, algumas pessoas roubam os filhotes para domesticá-los apenas para seu deleite pessoal.

 

Galeria de Imagens

Veja as mais acessadas