Foragido há 28 anos por homicídio, pastor em Lebon Régis é preso - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Lebon Régis Foragido há 28 anos por homicídio, pastor em Lebon Régis é preso

Foragido há 28 anos por homicídio, pastor em Lebon Régis é preso

A Polícia Civil, por meio da Delegacia de Polícia de Lebon Régis, deu cumprimento a mandado de prisão decorrente de sentença penal condenatória transitada em julgado em desfavor de Tadeu Jesus dos Santos Souza, condenado no Estado do Paraná a pena de 15 anos e 6 meses de reclusão, a ser cumprido em regime fechado, pela prática do crime de homicídio consumado.  

Trata-se de homicídio praticado na década de 1990, em Palmas/PR, no qual Tadeu figurou como autor. Na época, Tadeu acabou sendo preso preventivamente, porém, durante uma fuga na cadeia, evadiu-se para a cidade de Lebon Régis, sendo considerado, desde então, foragido da Justiça.  

Durante os últimos 28 anos Tadeu viveu na cidade de Lebon Régis, no entanto, assumiu nova identidade, a saber: Paulo Osmar Ribeiro da Silva, circunstância que permitiu que ele permanecesse quase três décadas às sombras das autoridades.  

Contudo, nos últimos dias, após algumas suspeitas que recaiam sobre indigitado pastor, no que concerne a sua real identidade, foram realizadas diversas pesquisas a fim de determinar sua real qualificação.  

Ao consultar os nomes das filhas do pastor, verificou-se que o nome do pai delas era Tadeu Jesus dos Santos Souza e não Paulo. Diante desses dados, consultou-se o nome de Tadeu junto ao estado do PR, sendo confirmado que ele possuía mandado de prisão ativo pela prática do crime de homicídio.  

Assim, as suspeitas sobre a identidade do pastor Paulo aumentaram, razão pela qual o solicitamos ao Instituto Geral de Perícias – IGP que obtivesse o prontuário de identificação de Tadeu no estado do PR, a fim de comparar com as digitais de Paulo.  

Ao receber o prontuário, o perito do IGP informou que Tadeu não possuía o dedo indicador da mão direita, circunstância que foi fundamental para que tivéssemos a confirmação que na verdade Paulo e Tadeu eram a mesma pessoa, pois Paulo não possuía referido dedo.  

Contudo, ao perceber que a polícia estava no seu encalço, Tadeu fugiu para a cidade Caxias na semana passada, e nesta quinta-feira, 23, retornou a Lebon Régis.  

Nesta sexta-feira, 24, no período da tarde, a advogada de Tadeu compareceu na Delegacia de Polícia, oportunidade em que o delegado de polícia negociou a apresentação de Tadeu, a qual ocorreu horas depois, sendo possível, finalmente, dar cumprimento ao mandado de prisão em referência. 

Veja as mais acessadas