Homem viola medida protetiva e acaba preso por porte ilegal de arma, em Monte Carlo - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Fraiburgo Homem viola medida protetiva e acaba preso por porte ilegal de arma, em Monte Carlo

Homem viola medida protetiva e acaba preso por porte ilegal de arma, em Monte Carlo

Uma ocorrência foi registrada na cidade de Monte Carlo, quando a PM recebeu informações nesta quinta feira, (23), que um homem estaria violando medida protetiva de urgência e no local, teria provocado uma lesão corporal leve contra a vítima.

Rapidamente, a guarnição de Monte Carlo, solicitou o apoio da equipe de Fraiburgo e deslocou até o local, onde foi informada, que o acusado teria adentrado em uma tabacaria e agredido a mulher que possui medida protetiva, ou seja, o homem não poderia sequer aproximar-se dela.

No local, havia uma segunda mulher que também informou ter medida protetiva deferida pela justiça, já que havia sofrido agressões no passado.  No mesmo instante que a equipe da Policia Militar de Monte Carlo, colhia os detalhes, chegou o apoio da guarnição de Fraiburgo, logo saindo em busca ao suspeito e mais um envolvido.

Os policiais localizaram o primeiro envolvido e realizaram a revista pessoal, sendo que no mesmo instante, receberam informações que o primeiro acusado, havia retornado ao local da confusão e que poderia estar armado.

Os policiais deslocaram rapidamente ao local, o qual ficava próximo, onde identificaram o homem e durante a busca pessoal foi encontrado uma arma de fogo na cintura do mesmo.  Quando verificaram a arma apreendida, os policiais constataram tratar-se de uma pistola marca Taurus, modelo TH380, calibre .380, onde o homem informou ter o registro, porém, não tinha a autorização da Policia Federal para o porte do armamento.

Diante da situação, tanto o acusado de agressão, quanto o segundo abordado, receberam voz de prisão e foram encaminhados  à Delegacia de Fraiburgo onde foram apresentados a autoridade judiciária para as devidas providências.

As duas mulheres que possuíam as medidas protetivas determinadas pela justiça, acompanharam a equipe da PM até a delegacia, onde a ocorrência foi apresentada.

 

Fonte: Espião Notícias

Veja as mais acessadas