Concórdia decreta emergência por problemas de abastecimento de água - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais

Concórdia Concórdia decreta emergência por problemas de abastecimento de água

Concórdia decreta emergência por problemas de abastecimento de água

Em Concórdia, no Oeste do estado, 27 bairros têm tido falta de água três ou mais vezes por semana. A prefeitura decretou situação de emergência. A Companhia Catarinense de Águas e Saneamento (Casan) disse que o principal problema é que a rede de distribuição é antiga e deficitária.

O decreto de emergência foi feito na quarta-feira (27), segundo a prefeitura. Em Concórdia o abastecimento é de responsabilidade da Casan. Na segunda (1º), a empresa foi obrigada pela Justiça a contratar caminhões-pipa para garantir o fornecimento de água. Em caso de descumprimento, a decisão prevê uma multa de R$ 10 mil por dia.

"Esse decreto de emergência foi necessário e urgente uma vez que a Casan não vem cumprindo com o que ela deve fazer, que é uma atribuição dela, na medida que possa melhorar um pouco as condições de abastecimento de água aqui no município", afirmou o vice-prefeito, Edilson Massocco (PR).

A Casan diz que como a rede de distribuição é antiga, não consegue atender toda a demanda, principalmente nos pontos mais altos da cidade.

"Algumas trocas de bombeamento que a gente precisa a gente está redimensionando e verificando. E tem o projeto gigante, que a gente chama, que é a Adutora Portinari, que vai levar água a toda a região alta da cidade. Tem nossos prazos internos para executar ainda lá por agosto, setembro", afirmou o gerente da Casan de Concórdia, Cristian Marquezi.

No final do mês, uma reunião no Fórum de Concórdia deve reunir representantes da Casan e da prefeitura em busca de uma solução definitiva para o problema.

Veja as mais acessadas