Delegado espera que agressor de bebê se entregue nesta seguda-feira em Joinville - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais
Concorra a prêmios! Seja o primeiro
a saber dos sorteios e promoções.

Joinville Delegado espera que agressor de bebê se entregue nesta seguda-feira em Joinville

Delegado espera que agressor de bebê se entregue nesta seguda-feira em Joinville

O delegado Fabiano Silveira, da Delegacia de Homicídios de Joinville, espera que o agressor que bateu em uma bebê e no avô da criança na tarde de sábado se apresente com seu advogado de defesa ainda nesta segunda-feira. Foram empreendidas buscas pela Polícia Militar durante o sábado e o domingo e, por enquanto, o homem de 47 anos é considerado foragido. Segundo o delegado, não há registro de ocorrências criminais contra ele. 

— É um litígio civil, está claro para nós que a motivação é um desacerto com o contrato de aluguel deles — avalia Fabiano.

No domingo, ele ouviu o depoimento da mãe da criança, e espera que possa conversar com o avô da criança, que também foi agredido, se ele receber alta. Outras testemunhas também serão ouvidas, assim como a versão do suspeito, para entender o que levou ao crime. O que, no inquérito, não muda a gravidade da ocorrência. 

— Essa questão [o atraso no aluguel e a suspeita de furto] torna-se apenas um acessório em relação à desproporção entre a motivação e a ação dele. Uma criança foi ferida, e todo o resto fica muito pequeno perto disso — afirma o delegado.  

O avô da criança está internado no Hospital São José. Já a menina está internada na UTI do Hospital Infantil e seu caso inspira cuidados.

 

Veja as mais acessadas