Secretaria de Saúde promove oficina sobre Saúde Mental - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais
Concorra a prêmios! Seja o primeiro
a saber dos sorteios e promoções.

Arroio Trinta Secretaria de Saúde promove oficina sobre Saúde Mental

Secretaria de Saúde promove oficina sobre Saúde Mental

Conforme a psicóloga da secretaria de saúde de Arroio Trinta, Cibéli Munaro, a atividade é alusiva ao Janeiro Branco, campanha nacional tem por objetivo chamar a atenção para os cuidados necessários com a saúde mental.

 A programação inicia às 14h de hoje (17), no Centro de Referência em Assistência Social (CRAS), e deve ter duração de uma hora e 30 minutos.

 Cibéli explica que a Oficina Expressando Sentimentos, é aberta para toda a população e vai abordar a importância de dar significado e vasão aos sentimentos e às emoções, como proposta de prevenção e promoção da saúde mental e das relações de convivência.

 A psicóloga explica que o Janeiro Branco é uma campanha relativamente nova e que tem por objetivo fazer com que as pessoas estejam sensibilizadas e conheçam mais sobre saúde mental, que é um tema relevante, mas que muitas vezes é deixado de lado.

 Cibéli destaca que a escolha do mês de janeiro, para essa campanha, se dá por conta do significado de recomeço que ele tem por ser o primeiro do ano. A cor branca foi escolhida porque significa a reunião de todas as cores.

 Ao comentar a forma como as pessoas encaram a saúde mental, a psicóloga explica que ainda existe muito preconceito, mas também o que se chama de “superávit de diagnóstico”.

 Isso acontece quando uma pessoa está passando por um período de dificuldade, de luto ou um conflito estressante e a primeira atitude passa a ser a medicação, na busca de uma resolução rápida.

 No entanto, explica ela, a população precisa entender o funcionamento da mente e por isso em casos depressivos evitar a famosa expressão “você precisa se ajudar”. A psicóloga ressalta que doenças mentais não são simples de lidar e não depende apenas  da vontade da pessoa.

 Cibéli Munaro destaca ainda que a atenção com a saúde mental deve ocorrer em todas as idades, e desde a infância é necessário trabalhar a chamada “psicoeducação”, para que as crianças possam conhecer seus próprios sentimentos e emoções.

 A psicóloga destaca que Arroio Trinta desenvolve várias atividades voltadas a saúde mental durante todo o ano. São atendimentos em psicoterapia para todas as faixas etárias, grupos de saúde mental de terapia e apoio, que trabalham com arteterapia e convivência afetiva.

 A oficina que acontece na tarde de hoje é aberta para públicos de todas as idades.

 

Veja as mais acessadas