Treze Tílias está vivendo momento histórico. - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais
Concorra a prêmios! Seja o primeiro
a saber dos sorteios e promoções.

Treze Tílias Treze Tílias está vivendo momento histórico.

Treze Tílias está vivendo momento histórico.

Começou ontem com uma missa festiva celebrada pelo padre Almedo, na igreja Matriz, a comemoração do centenário de Adelina Veronica Tochetto de Rós. Ao meio dia no salão paroquial aconteceu um almoço festivo, como parte das festividades.

 Hoje as 10 horas em sessão solene no salão nobre da câmara de vereadores, foi-lhe entregue o título de cidadã honorária de Treze Tílias, sugerido pelo vereador Renato De Bastiani, com aprovação dos demais membros da câmara.

 Além de todos os membros da casa, a vovó centenária e seus familiares, estiveram presentes o Prefeito Mauro Dresch, seu vice Leonir Primo de Rós Shultz, o ex-prefeito Rudy Olweiler e convidados. A Tropical FM, acompanhou a sessão.

 Na sessão conduzida pelo presidente Adriano Feistrecker, foi entregue uma placa de cidadão honorária a Adelina Veronica De Rós, onde seus méritos e da família são reconhecidos e ressaltados.

 Nos pronunciamentos, vereadores e vereadoras, fizeram um resgate histórico da vida da família de Rós, que contribuiu muito com a formação do município de Treze Tílias.

 Família e convidados estiveram presentes também hoje e agora participam de um almoço festivo patrocinado pela câmara de vereadores.

 Durante o almoço de ontem, foram realizadas muitas homenagens como de costume nesses acontecimentos raros. Foi também exibido um documentário histórico sobre a sua vida.

 Adelina Veronica  Tochetto De Rós, filha de imigrantes Italianos José Tochetto e Matilde Botin. Ela nasceu dia 11 de janeiro de 1.918 na comunidade Alfredo Chaves, hoje município de Veranópolis.

 Morou com a família até aos 21 anos, quando casou-se com Fermino de Rós. Ele também descendente de imigrantes italianos, nascido dia 8 de novembro de 1.914.

 Em 1.939 depois de morar algum tempo em Nova Bassano, Rio Grande do Sul, com a família De Rós, o casal resolveu se transferir para Papuã, hoje Treze Tíilias.

 Com alguns objetos pessoais, um pouco de dinheiro e no colo o filho primogênito Edgar de apenas 45 dias, a família iniciou a viagem em uma carroça de bois, seguindo de ônibus até Marcelino Ramos e de lá até Itapuí, hoje Ibicaré Trem e finalmente a cavalo até Linha Caçador, Treze Tílias.

 A família residiu na casa de um irmão de Fermino até construir sua nova residência, aquela que ainda abriga a vovó Adelina.

 Já instalados cheios de vontade, iniciaram o cultivo da terra, para o sustento familiar. Com o passar dos anos, iniciaram a criação de suínos, bovinos, algumas vacas de leite e a produção de trigo, milho, soja, reflorestamento e produção de madeira.

 A família também aumentou de um para 7 filhos e prosperou em todos os sentidos.

 Fermino de Rós, ao falecer em 2005, deixou à família um significativo patrimônio. No documentário exibido ontem, o ex prefeito por três mandatos, Rudy Olweiler,  destacou o homem visionário que foi Fermino de Rós.

 Visionário e empreendedor. Um homem que viveu a frente de seu tempo. Quando vereador, sugeriu a emancipação do município de Treze Tílias. Em 1982 foi vice-prefeito na chapa de Afonso Dresch.

 Em depoimento também no documentário, todos os filhos emocionados destacaram a grandeza do pai que tiveram e da mãe ainda presente. Mulher que realizou, segundo suas palavras todos os seus sonhos. Ter uma família  honrada, todas pessoas de bem e ser estimadas por todos.

 O fato é histórico pelo centenário, mas também pela presença de familiares. Todos 7 filhos, os 15 netos e os 19 bisnetos estiveram presentes.

 

Galeria de Imagens

Veja as mais acessadas