Seminário da Água segue até às 15h30 em Água Doce - Radio Tropical FM 99.1
(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais
Concorra a prêmios! Seja o primeiro
a saber dos sorteios e promoções.

Água Doce Seminário da Água segue até às 15h30 em Água Doce

Seminário da Água segue até às 15h30 em Água Doce

Durante todo o dia, o município de Água sexta-feira, dia 22 de setembro nas dependências do Pavilhão da Igreja, no período das 09h às 15h30, a 5ª edição do Seminário Regional da Água.

O evento que está com a programação definida, é promovido pela Prefeitura Municipal de Água Doce, Epagri, Sindicato Rural e Universidade Federal da Fronteira Sul (UFFS).

O público alvo é formado por agricultores, agropecuaristas, agentes públicos e políticos, pesquisadores, estudantes, gestores de empresas, organizações ligadas ao tema da água, associações, comunidade em geral, usuários de água e interessados no assunto.

Conforme o Engenheiro Agrônomo da Epagri, Jossiel Surdi, a programação abrange, não só pessoas de Água Doce, mas de toda a região.

Foram montadas tendas em frente ao salão paroquial, para mostrar os trabalhos desenvolvidos nas escolas água-docenses. Na área interna acontecem palestras e relatos de experiências sobre políticas públicas voltadas para água.

Surdi destaca que o período de estiagem, o debate volta a tona na sociedade, chamando a atenção para a necessidade de estudo e também de ação da população.

O vice-prefeito Vilson Verona também participa do evento e destaca que a administração municipal tem sido apoiadora do evento, por meio das secretarias de agricultura e educação.

Ele explica que o objetivo do evento é dar início a um projeto de lei que beneficie os chamados “produtores de água”, que são as pessoas que possuem fontes de água em suas propriedades.

O secretário de agricultura, Ricardo Luiz dos Santos, deve se discutir uma forma de compensação financeira para os produtores que tem nascentes em suas propriedades.

Ele destaca que em Água Doce estão localizadas as nascentes de vários rios importantes da região, entre eles o Rio Chapecó e o Rio do Peixe.

Pelo novo projeto, o agricultor deixa de ser proprietário de Área de Preservação Permanente e passa a ser denominado Produtor de Água.

A ideia surgiu de projetos que já são desenvolvidas por vários municípios brasileiros e que tem dado bons resultados.

 

Galeria de Imagens

Veja as mais acessadas