• 49 3537.0980 Telefone
  • 49 9104.0013 Celular SMS / WhatsApp

Joaçaba Dono da Havan confirma que obras da megaloja de Joaçaba serão retomadas

Dono da Havan confirma que obras da megaloja de Joaçaba serão retomadas

O empresário Luciano Hang, dono da rede Havan, confirmou a imprensa regional na tarde desta quarta-feira, 13, que a situação envolvendo o embargo das obras da loja que está sendo construída em Joaçaba está resolvida.

Hang revelou que as equipes que estão trabalhando na construção da megaloja devem voltar a trabalhar normalmente nesta quinta-feira 14. No entanto, já havia movimentação de máquinas e trabalhadores no local nesta quarta.

“Amanhã (quinta-feira) recomeçamos as obras. Ritmo acelerado para mantermos o cronograma. Está tudo certo. O importante é que a cidade ganhou, o que vale para a Havan vale para todos!” comentou Hang em entrevista ao Portal Éder Luiz.

Hang comentou ainda que após toda a polêmica do embargo, que paralisou as obras por dois dias, deverá haver uma mobilização política em Joaçaba, vereadores e prefeitura, para alterar pontos da lei que burocratizam demais os processos envolvendo empresas. Mas, o empresário não deu maiores detalhes

Com a volta aos trabalhos, a Havan mantém o cronograma de abrir sua megaloja de Joaçaba na primeira semana de dezembro deste ano.

Quanto as contratações, o empresário adiantou que a seleção de pessoal deverá iniciar no dia 25 deste mês, mas não deu detalhes sobre como funcionará. Serão gerados inicialmente 200 empregos diretos.

O embargo

O motivo do embargo aplicado pela prefeitura de Joaçaba foi a falta de alvará de construção. Entre os entraves estavam duas situações, a legalização do terreno do reservatório do Simae, que a autarquia municipal recebeu por doação em 2012 e não regularizou até hoje e uma rua paralela que será desmembrada de um outro terreno, como doação, que também precisa ser oficializada.

O caso teria sido desencadeado após uma denúncia levada ao Ministério Público.

Projeto

O terreno que abrigará o complexo da Havan fica ao lado do Acesso Adolfo Zigelli. O objetivo da rede é construir uma megaloja de sete mil metros quadrados, com estacionamento gratuito, três salas de cinema e área de alimentação, em uma ampla e moderna estrutura. O empreendimento representará R$ 30 milhões em investimento.

 

Fonte: Eder Luiz

Notícias Relacionadas