(49) 3537.0980
Telefone
(49) 99104.0013
Celular SMS / WhatsApp
Acompanhe
nas redes sociais
Concorra a prêmios! Seja o primeiro
a saber dos sorteios e promoções.

Treze Tílias Família trezetiliense busca doadores de sangue para menino de três anos que luta contra leucemia

Família trezetiliense busca doadores de sangue para menino de três anos que luta contra leucemia

Leia com atenção as orientações do Hemosc para  que sua doação seja eficaz. 

O pequeno Arthur Helai Ribeiro está internado no Hospital da Criança, em Chapecó e precisará de várias transfusões de sangue.

Conforme a mãe de Arthur, Franciele Ribeiro, seu filho foi internado ainda em 13 de agosto devido a tosse e falta de ar, devido a laringite.

No entanto, no segundo dia de internação, o seu quadro piorou e ele precisou ser entubado e encaminhado para o hospital de Curitibanos.

Os exames diagnosticaram ainda que Arthur estava com uma anemia profunda e por isso ele foi transferido para Chapecó de helicóptero, no dia 17 de agosto.

Franciele detalha que após uma série de exames necessários, o diagnóstico médico apontou que o menino sofre de leucemia.

Arthur já passou por três transfusões de sangue, e vai precisar de mais. Como a responsabilidade de buscar doadores é da família, foi iniciada uma campanha para incentivar a doação de sangue.

O tipo sanguíneo necessário é O - .

A família está pedindo encarecidamente que todas as pessoas que puderem sejam doadoras e identifiquem que estão fazendo a doação para Arthur Helai Ribeiro.

Amigos da família estão organizando transporte para o Hemosc em Joaçaba para que não tiver como ir até o município. O veículo sairá às 13h defronte ao hospital de Treze Tílias.

Mesmo a prioridade sendo o sangue O- , doadores de outros tipos sanguíneos negativos podem fazer a doação identificada, pois isso também colabora com a família.

Os doadores de tipos sanguineos positivos são orientados a procurar o HEMOSC no mês de Outubro.

Orientações do HEMOSC

O diretor da Unidade, Maicon Bortoluz pede para que as pessoas compareçam em dias alternados.

“Hoje já registramos uma grande procura por doações o que é ótimo, mas, o sangue tem validade e com um volume tão grande de captações no mesmo dia não conseguimos processar todos os componentes presentes no sangue e eles acabam vencendo. Por isso, pedimos que as pessoas continuem comparecendo para doar, mas, que intercalem a vinda no decorrer dos dias da semana, garantindo assim, que todo sangue seja  usado como precisa ser”, airmou Maicon.

 

Abaixo são listados alguns requisitos e impedimentos para doação de sangue:

 

  Requisitos básicos

» Estar em boas condições de saúde.

» Ter entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até 60 anos (menores de 18 anos, clique para ver documentos necessários e formulário de autorização).

» Pesar no mínimo 50kg.

» Estar descansado (ter dormido pelo menos 6 horas nas últimas 24 horas).

» Estar alimentado (evitar alimentação gordurosa nas 4 horas que antecedem a doação).

» Apresentar documento original com foto recente, que permita a identificação do candidato, emitido por órgão oficial (Carteira de Identidade, Cartão de Identidade de Profissional Liberal, Carteira de Trabalho e Previdência Social).

 

 Impedimentos temporários

» Resfriado: aguardar 7 dias após desaparecimento dos sintomas.

» Gravidez

» 90 dias após parto normal e 180 dias após cesariana.

» Amamentação (se o parto ocorreu há menos de 12 meses).

» Ingestão de bebida alcoólica nas 12 horas que antecedem a doação.

» Tatuagem / maquiagem definitiva nos últimos 12 meses.

» Situações nas quais há maior risco de adquirir doenças sexualmente transmissíveis: aguardar 12 meses.

» Qualquer procedimento endoscópico (endoscopia digestiva alta, colonoscopia, rinoscopia etc): aguardar 6 meses.

» Extração dentária (verificar uso de medicação) ou tratamento de canal (verificar medicação): por 7 dias.
» Cirurgia odontológica com anestesia geral: por 4 semanas.
» Acupuntura: se realizada com material descartável: 24 horas; se realizada com laser ou sementes: apto; se realizada com material sem condições de avaliação: aguardar 12 meses.
» Vacina contra gripe: por 48 horas.
» Herpes labial ou genital: apto após desaparecimento total das lesões.
» Herpes Zoster: apto após 6 meses da cura (vírus Varicella Zoster).
» Brasil: estados como Acre, Amapá, Amazonas, Rondônia, Roraima, Maranhão, Mato Grosso, Pará e Tocantins são locais onde há alta prevalência de malária. Quem esteve nesses estados deve aguardar 12 meses para doar, após o retorno.
» EUA: quem esteve nesse país deve aguardar 30 dias para doar, após o retorno.
» Europa: quem esteve nesse país deve aguardar 30 dias para doar, após o retorno
» Malária: países com prevalência de malária deve aguardar 30 dias para doar, após o retorno.
» Febre Amarela: quem esteve em região onde há surto da doença deve aguardar 30 dias para doar, após o retorno; se tomou a vacina, deve aguardar 04 semanas; se contraiu a doença, deve aguardar 6 meses após recuperação completa (clínica e laboratorial).

Impedimentos definitivos

» Hepatite após os 11 anos de idade.

» Evidência clínica ou laboratorial das seguintes doenças infecciosas transmissíveis pelo sangue: Hepatites B e C, AIDS (vírus HIV), doenças associadas aos vírus HTLV I e II e Doença de Chagas.

» Uso de drogas ilícitas injetáveis.

» Malária.

Hepatite após o 11º aniversário: Recusa Definitiva; Hepatite B ou C após ou antes dos 10 anos: Recusa definitiva; Hepatite por Medicamento: apto após a cura e avaliado clinicamente; Hepatite viral (A): após os 11 anos de idade, se trouxer o exame do diagnóstico da doença, será avaliado pelo médico da triagem.

Veja as mais acessadas